24.8.17

A confeitaria da região Nordeste é bastante inspiradora pelos seus bolos autorais, de receitas antigas de família. A exemplo, o Bolo de Rol...

Conheças os bolos clássicos do nordeste brasileiro

Nenhum comentário:
 
A confeitaria da região Nordeste é bastante inspiradora pelos seus bolos autorais, de receitas antigas de família. A exemplo, o Bolo de Rolo e o Souza Leão, que têm grande destaque como patrimônio regional e cultural de Pernambuco.

A origem do Bolo de Rolo está diretamente ligada aos colonizadores portugueses. Trata-se de uma adaptação da receita “Colchão de Noiva”, espécie de pão de ló enrolado com recheio de nozes. Ao ser preparado no Brasil, os portugueses substituiram as nozes por goiaba, fruta abundante na Zona da Mata Nordestina. O açúcar dos engenhos, além de ser usado no preparo do doce, polvilha também a camada externa do Bolo de Rolo, arrematando-o com muita delicadeza.

Já o Bolo Souza Leão entrou para a história da culinária de Pernambuco pelas mãos de Dona Rita de Cássia Souza Leão, membro da família de Senhores de Engenho do Município Jaboatão dos Guararapes, interior do estado.

Registros históricos contam que o bolo foi servido ao Imperador Dom Pedro II e sua esposa, quando em viagem pelo estado de Pernambuco, em 1859. Assim, se tornou o mais nobre dos bolos nordestinos, tanto que, por tradição, deve ser servido em prato de porcelana ou de cristal. A exigência deve acompanhar os Souza Leão, importante família que o batizou.

Ao longo do tempo, a receita original foi ganhando adaptações e sofrendo algumas variações de ingredientes. A verdade é que seja qual for a versão, trata-se de um bolo delicioso, cremoso, que lembra um fino pudim. Quem o degusta nunca mais esquece o sabor especial.

Hoje, o Bolo de Rolo e o Souza Leão são receitas protegidas, conservadas e valorizadas pela sua importância histórica, cultural e gastronômica. Veja as receitas.

BOLO DE ROLO

                  Imagem: Pinterest

Ingredientes:

250 g de açúcar refinado
250 g de manteiga
250 g de farinha de trigo
5 ovos (gemas e claras separadas)
Recheio:
250 g de goiabada cremosa

Modo de Preparo:

Leve a goiabada, cortada em pedacinhos, com um pouco de água ao fogo baixo. Derreta mexendo até ficar cremosa. Reserve.

Bata a manteiga com o açúcar, junte as gemas e bata até obter um creme clarinho. Acrescente aos poucos a farinha, misturando bem e por fim, incorpore as claras em neve.

Numa forma retangular, untada e polvilhada, espalhe delicadamente com uma colher, uma camada bem fina de massa (alise para que fique bem uniforme). Reserve o restante.

Leve ao forno pre-aquecido 180°, por 3 minutos ou até que tocando por cima da massa com o dedo, este saia limpo (não grude). A massa fica branquinha.

Desenforme sobre um pano úmido, recheie com uma fina camada de goiabada derretida e enrole ainda morno.

Proceda da mesma maneira mais quatro a seis vezes (depende do tamanho da forma e da quantidade de massa preparada). Conforme for retirando a massa do forno, passe a goiabada e enrole envolvendo o rolo anterior.

Quando terminar de enrolar, envolva todo o “rolo” com açúcar de confeiteiro ou açúcar cristal. Corte em fatias bem finas, de 1cm, no máximo.

BOLO SOUZA LEÃO

                            Imagem: Pinterest

Ingredientes:

½ kg de açúcar
1 xícara (chá) de água fria
1 xícara (chá) de manteiga
1 colher (café) de sal
½ kg de massa de mandioca Puba (encontrada nas casas de produtos nordestinos)
8 gemas
1 e ½ xícaras (chá) de leite de coco
2 paus de canela
1 colher (café) de cravo-da-índia
1 colher (café) de sementes de erva-doce

Modo de Preparo:

Em uma panela, coloque o açúcar e a água e leve ao fogo alto sem parar de mexer até o açúcar se dissolver.Quando a calda começar a ferver, pare de mexer e deixe ficar no ponto de fio fino.

Retire do fogo, junte a manteiga e o sal, misture bem e deixe esfriar completamente.

Em uma tigela, coloque a massa de mandioca e acrescente as gemas uma a uma, alternando com o leite de coco, amassando bem.

Adicione a calda fria e mexa até incorporar na massa. Coe por 3 vezes em peneira fina, acrescente a canela, o cravo e as sementes de erva-doce.


Coloque a massa em forma untada, forno médio pre-aquecido e asse até dourar. Retire, deixe ficar morno para desenformar e sirva frio.

Compartilhe a matéria nas redes sociais: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário